Até quando usaremos cadernos e livros nas escolas?

Estreando um primeiro debate no blog!

A intenção deste texto é mudarmos o nosso ponto de vista sobre os livros e os cadernos. Muitas pessoas adoram ler e escrever neles. O problema é que com a tecnologia de hoje, para que usa-los?

Os livros existem desde 1455, nós já estamos em março de 2011 e até hoje, o livro é uma das poucas coisas que conseguiu “sobreviver” a tecnologia.

Até ai tudo bem, mas no ano passado, começaram a surgir verdadeiras ameaças aos dois(livros e cadernos), os temidos tablets. Os tablets são um dispositivo de uso pessoal em formato de prancheta que pode ser usado para acessar a internet, organizãção pessoal, visualizador de fotos e vídeos até ai não tem nada de ameaçador a essa dupla (o caderno e o livro), mas eles podem ser usados para a leitura de livros, jornais, revistas e livros(vide o iBooks e a Saraiva para iPad).

Uma das vantagens do livro é o preço, que varia de R$30 até R$200 cada, enquanto os tablets custam no mínimo R$1400 aqui no Brasil. Mas a leitura nos tabets e muito mais dinâmica, as fotos podem ter animações e você pode pesquisar o significado de uma palavra na qual não entendeu em poucos cliques (ou seria toques? ) .

Para os cadernos, a ameaça não e tão grande assim, mas ela existe. Muitos professores atualmente dão aula utilizando o projetor para exibir os assuntos pelo famoso PowerPoint, e os alunos tem que copiar o assunto todo que está no PowerPoint no caderno e isso acaba ocupando no minimo 30 minutos da aula de CADA professor. Se nos colégios fosse permitido o uso de notebooks e tablets, o professor simplesmente mandaria por e-mail e com isso economizaria um enorme tempo de suas aulas, que poderia ser utilizado para tirar duvidas, dar novos assuntos ou até mesmo terminar a aula mais cedo.

No meu ponto de vista, os tablets substituíram os livros e os cadernos(menos o de matemática). Não vai ser imediatamente, mas daqui a uns 2 anos ou até menos, provavelmente começe a surgir a popularização dos mesmos nas escolas aqui no Brasil. Além de serem mais leves(finalmente iremos nos livras daquele “trambolho” de 20kg chamado de mochila que carregamos nas costas), o meio ambiente agradece.

E vocês acham que os tablets irão substituir os livros e os cadernos, ou que não vão chegar nem perto?

 

Anúncios

4 comentários em “Até quando usaremos cadernos e livros nas escolas?

  1. Olha apesar da evolução da tecnologia, acho que o caderno ainda deve ser usado, o livro acho que poderia sim ser substituído.
    Se o caderno não for mais usado, ninguém mais saberá escrever, só digitar, o que leva ao acomodamento.
    Sinceramente, acredito que esta substituição causaria danos graves ao ensino.
    Daqui um tempo nem será preciso ir a escola.

    • Sim, mas aí acentuaria mais o individualismo, afinal, querendo ou não, na escola é que aprendemos a interagir em grupo no mercado de trabalho, se isto acontecer, será cada um por si( seria pior do que é hoje) cada um puxando o tapete do outro sem nenhuma ética ou bom-senso.
      A função original da escola não é ensinar as matérias no mercado de trabalho, e sim, nos preparar para ingressar nele.

  2. ISSO PODERÁ ACONTECER DAQUI HÁ ALGUNS ANOS SIM, COMO FOI O CASO DA MÁQUINA DE ESCREVER; VINIL; ETC. NO BRASIL AINDA EXISTEM LOCAIS E PESSOAS POBRES, QUE NEM SABEM LER E ESCREVER. OS “TABLETS” SÃO CAROS, SÓ UMA PEQUENA MINORIA TERIA ACESSO. JÁ O IMPRESSO É MAIS ACESSÍVEL. ESTARÍAMOS CONDENADOS A PERDER NOSSA MEMÓRIA, COISA QUE O PAPEL CONSEGUE PRESERVAR.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s