Vai roubar algum produto da Apple? Pense bem…

Um ladrão decidiu roubar um MacBook Air e até aí tudo bem. Mas o que fazer quando o dono é um geek que consegue acessar o histórico do computador remotamente e expor algumas atitudes bastante constrangedoras do ladrão?

Assim como conta o site Dvice, os ladrões tendem a ser estúpidos, mas tem alguns que tentam superar este limite. Desta vez, o problema é que o ladrão decidiu roubar o computador de um geek de 18 anos, Mark Bao, estudante da Universidade de Bentley, nos Estados Unidos.

Em seu perfil no Twitter, Mark contou que a primeira coisa que o ladrão fez foi tirar fotos no Photo Booth. “Eu não achava que eles poderiam ser tão burros”, escreveu o geek no microblog.

Mais tarde, conta o site Switched, o gatuno ainda gravou um vídeo dançando a música Make It Rain. Para quem ficou curioso em ver a fatídica dança do ladrão, pode ve-lo logo abaixo.

Mark conseguiu fazer tudo isso, acessando o histórico de navegação por meio do sistema de sincronização automática Backblaze, que registra todas as atualizações feitas no computador na nuvem.

Como se não bastasse a vergonha, o ladrão ainda foi identificado pela sua conta do Facebook e mora perto do dormitório de Bao na universidade. Agora, o geek irá denunciá-lo para a polícia e para as autoridades da universidade.

Fim de post? Que nada, segundo o MacMagazine ainda tem três ladrões que assaltaram um apartamento aqui no Brasil, levaram um MacMini, um iPad e um Macbook Air. Saiba qual foi o problema dos ladrões dessa vez? Ter levado o iPad.

Em conjunto com a Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil, que acionou a Polícia Militar, os bandidos foram cercados em São Conrado, na Zona Sul do Rio. Um dos três conseguiu fugir, mas todos os itens roubados foram recuperados graças ao Find My iPhone, que guiou as autoridades até os criminosos em tempo real, utilizando o GPS do iPad. Todo o rastreamento foi feito a partir de um iPhone, via 3G.

Essa seria mais uma história para justificar o quanto é válido pagar os US$100 anuais pelo MobileMe, não fosse o fato de que o serviço Find My iPhone se tornou gratuito recentemente. 😉

 

 

 

Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s