Coisas legais para fazer no seu iPad

Acabou de comprar seu iPad e não sabe bem por onde começar a brincar com ele? Quais apps baixar? Como impressionar os amigos com ele? Siga aqui nossas sugestões para tirar mais do seu novo brinquedo.

1- Leia o jornal
OK. Ninguém mais lê jornal. Mas no iPad aquela linda foto do capitão do Bope subindo o morro com fumaça atrás aparece em todo seu esplendor em vez de apagada em uma impressão borrada em um papel de quinta. Além disso, alguns dos principais jornais do país oferecem (por enquanto) suas edições gratuitamente em suas apps. Baixe já as apps do Estadão Folha de S. Paulo e O Globo. As apps ainda são um tanto bugadas, crasham a torto e a direito, mas é de graça…

2 – Veja um filme
Você tem um monte de vídeos no HD do seu Mac (ou PC) e tem preguiça de converter, arrastar para o iTunes só para vê-los confortavelmente na tela do iPad? Acabou o problema. Baixe o Air Video e acesse toda sua coleção de vídeos por streaming. Dá até para testar sua rede com a versão grátis (que limita o número de vídeos por pasta) antes de comprar a versão Full ($3).

3 – Leia um gibi

O iPad é o leitor digital de gibis que os quadrinhomaníacos esperaram por toda sua vida. As apps da Marvel e DC permitem que você compre e leia algumas edições específicas, mas o verdadeiro fanático por HQs sabe que o quente mesmo são os gibis escaneados e armazenados em formato .cbr e .cbz. O melhor leitor desses arquivos é o ComicZeal. Custa US$ 8 mas vale o quanto pesa.

4 – Tire um som
Fãs de música eletrônica vão perder horas com as dezenas de apps musicais para o iPad. Se precisar escolher apenas uma, comece com o iElectribe ($10), da Korg. O emulador da lendária groovebox permite que você monte suas músicas e depois exporte em WAV para editar no seu sequenciador favorito. Se a grana estiver sobrando experimente também a Bleep!Box ($10) e o Aurora Sound Studio HD ($40). Para os DJs de plantão, a melhor pedida é o DJay ($20).

5 – Veja mais vídeos
O iPad é ótimo para ver vídeos mas extremamente restrito em relação a formatos. A app vídeos só roda filmes em MP4 ou H264, os formatos aprovados pela Apple. Felizmente existe o VLC, um tocador de vídeos pau pra toda obra capaz de tocar vídeos em AVI, DIVX, MKV e outros formatos menos famosos. Subindo um arquivo de legenda .srt com o mesmo nome do vídeo você consegue ver filmes legendados. O VLC só engasga com filmes de alta definição. Grátis.

6 – Pinte um Quadro
Desenhistas e ilustradores podem dar a desculpa de que compraram o iPad para trabalhar. Brushes ($5) é um excelente programa de pintura. Não chega a ter a versatilidade de um Painter, mas tem uma interface bem intuitiva para quem quer apenas rabiscar e colorir. Quem precisar de mais opções deve ir atrás do SketchBook Pro  ($1), da AutoDesk, programa mais profissional.

7 – Crie um site
Webdesign? Tem uma app para isso. O iMockups ($10) é uma ótima ferramenta para criar wireframes de sites e apps para iPad e iPhone, trazendo todos os elementos necessários que podem ser copiados, colados, duplicados e rotacionados até você conseguir montar seu site dos sonhos.

8 – Pratique Yoga
Anda meio enferrujado, com dor nas costas e precisa relaxar? O All-In Yoga HD ($3) traz sessões de Yoga divididas por nível de proficiência do aluno. As posições são mostradas em foto e vídeo enquanto a voz do professor indica o que você deve fazer. Ommmmm.

9 – Controle seu Mac
Plugue seu Mac na TV da sala, sente no sofá e clique no Mobile Mouse ($ 3). Pronto, você acaba de descobrir o melhor controle remoto do mundo. Controle todos os seus programas com a ponta dos dedos. Para quem precisa controlar o computador pela Internet, o LogMeIn Ignition ($30)  é a opção mais bem acabada de conexão VNC. Tem várias mais baratas, caso você ache o preço dele muito salgado, mas nenhuma é tão eficiente.

10 – Proteste contra a falta de games
Claro que a primeira coisa que você vai querer fazer com o iPad é jogar um dos sensacionais joguinhos que só existem para ele. Infelizmente, a Apple ainda não vende games na App Store brasileira, porque a legislação brasileira exige que todo game seja aprovado pelo Ministério da Justiça. A Apple acha que isso é incompatível com o sistema da App Store, com seus milhares de jogos sendo lançados todos os meses automaticamente. O resultado: ficamos sem games. Os mais fanáticos acabam abrindo contas com endereços falsos na app store argentina (que aceita cartão de crédito brasileiro) só para poder jogar Plants x Zombies, Cut the Rope, GTA: Chinatown Wars e mais uma centena de jogos sensacionais.

 

Anúncios
por Thiago Postado em Apple

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s